MOOsaico: Comunidade Virtual Multilingue

Um Guia Para O MOOsaico

Por biafra@moosaico.moo.mud.org

Primeiro Contacto

A ligação ao MOOsaico depende da máquina que estás a utilizar. Convém instalar um cliente para se ter uma melhor resposta do ambiente e para se escrever melhor. No entanto uma das vantagens do MOOsaico é que se lhe pode aceder com um simples telnet. É rara a máquina que não traga este programinha. Uma enorme vantagem.
Vamos então utilizar para esta apresentação a forma não tão eficiente que é o uso do telnet. Procede-se usualmente da seguinte forma executando o comando, tanto num Windows como num Linux ou noutro sistema operativo:

telnet moo.di.uminho.pt 7777

Aparecer-te-á então o ecran inicial do MOOsaico,

                _____  _____
        /'\_/`\(  _  )(  _  )              _
        |     || ( ) || ( ) |  ___    _ _ (_)   ___    _
        | (_) || | | || | | |/',__) /'_` )| | /'___) /'_`\
        | | | || (_) || (_) |\__, \( (_| || |( (___ ( (_) )
        (_) (_)(_____)(_____)(____/`\__,_)(_)`\____)`\___/'

    C o m u n i d a d e   V i r t u a l   M u l t i l i n g u e

                                           http://moosaico.com/
                                      info@moosaico.moo.mud.org
                                   wizards@moosaico.moo.mud.org
                 \\|//                
                 (. .)                            .-'';'-.
              ooO (_) Ooo                       ,'   <_,-.`.
 .=====================================.       /)   ,--,_>\_\
 | Bem-vindo `a mais antiga comunidade |      |'   (      \_ |
 | online portuguesa. Em funcionamento |      |_    `-.    / |
 | oficial desde 7 de Janeiro de 1994. |       \`-.   ;  _(`/
 `-------------------------------------'        `.(    \/ ,' hjw
                                                  `-....-'
   D i g i t a :   ajuda help ayuda hilfe aiuto

Convém digitar-se agora o comando ajuda em português ou no idioma pretendido.

Nota: a partir deste momento, todas as linhas iniciadas com ">" serão instruções (comandos) digitados pelo utilizador.

>ajuda
L o c a l i z a d o   n a   U n i v e r s i d a d e   d o   M i n h o
     D e p a r t a m e n t o   d e   I n f o r m a' t i c a

     ______         .---------------------------------------.
    / __/\_\     ,-( Por favor escreve os seguintes comandos )
    | \ . .(   -'   `---------------------------------------'
    \_/  - )
   ___\   |__     @who                    +  para ver quem esta' ligado
  /          \    @connect guest          +  para entrar como visitante
                  @create                 +  para criares uma personagem
                  @quit                   +  para se desligar

                  @connect <nome> <senha> + para entrares com a tua personagem
  ___________
_/ _ \_`_`_`_)       Depois de te ligares, digita `ajuda' para obteres
 \  \_L_)           documentac,a~o. Faz tambe'm `ajuda comportamento' e
   -'(__)         `ajuda tema' para te inteirares daquilo que se espera de ti.
_/___(_)

O primeiro comando é utilizado para se ver quantas pessoas estão ligadas neste momento. O segundo, @connect mas com um nome, é quando já tiveres uma personagem registada e serve para entrares com ela no ambiente. O terceiro, @create, explica-te como obter uma personagem no MOOsaico.
Vamos utilizar o segundo comando para nos ligarmos com uma personagem convidada, isto é, uma visita do MOO.

>@connect guest
*** Connected ***

Relo'gio de Sala

Encontra-se subitamente dentro de um velho e poeirento relo'gio de sala. 
 Quase que na~o ha' espac,o suficiente para conseguir esquivar-se do
 movimento ondulante do pe^ndulo.  Cuidado!  Se na~o sair brevemente pode-se
 magoar no pesado e afiado pe^ndulo.  Ouve um barulho vindo de fora, mas a
 poeira acumulada durante anos na porta de vidro do relo'gio na~o lhe
 permite vislumbrar o exterior - pode tentar abri-la.

 Digite `@idioma ' para ter mensagens num certo idioma.
 Neste momento pode ver os idiomas suportados com `@todos-idiomas',
 embora alguns ainda tenham pouco suporte.

A partir desta altura estás verdadeiramente dentro do MOOsaico. Atenção que se já estiver dentro do sistema outra personagem "Guest", serás informado que ela já está a ser usada e que portanto o teu nome de visitante passará a ser algo como Purple_Guest, Violet_Guest, etc.
Como o texto te mostra, podes escolher o idioma que desejas que o sistema utilize contigo. Vamos escolher o inglês, e começar por utilizar o comando `olha'. Serve para ver a descrição do quarto em que nos encontramos ou de qualquer outro objecto que esteja nesse mesmo local. Usarás para isso "olha objecto".

>@idioma ingle^s
You begin speaking English.
>olha
Grandfather Clock

You find yourself suddenly on the inside of an old, dusty grandfather clock. 
 You barely have enough room to escape the swinging pendulum.  Look out!  It's
 sharp and heavy and could hurt you if you don't get out.  You hear a noise
 coming from the outside, but you can't see through the clock's glass door,
 which is coated with years of dust - you may try to open it.

Como vês, passou tudo a ser mostrado em inglês.
Mudemos outra vez para português com @idioma portugue^s.
Vamos então analizar um pouco o sítio onde nos encontramos. Como para já só nos foi indicado o comando `olha' vai ser com esse mesmo que iremos examinar este local. A descrição deste lugar parece que nos indica para sairmos. Como será ? Arranjar-se-á mais informação por aqui?

>olha porta de vidro
Da parte de fora do relo'gio de sala fica o Sala~o Central.  Pode fazer
`abre porta' para sair.

Óptimo! Vamos lá tentar então abrir a porta.

>abre porta

Sala~o Central

Um amplo sala~o de entrada e local de ini'cio de explorac,a~o
lu'dico-dida'ctica.  Consegue ainda discernir num dos cantos, umas
escadas que pode utilizar para descer.  Pode entrar no relo'gio de sala
se desejar.  Para deixar a casa basta atravessar o enorme porta~o de
cobre que se encontra a este.  Nas sombras a sul existe uma pequena
porta.  Uma arcada rece'm criada encontra-se a norte.
Voce^ ve^ mapa, LEIA-ME, e Jornal-do-MOO aqui.

Ah! Outro lugar. E este não parece tão fechado quanto o seu predecessor já que contém várias saídas. Mas vamos mais uma vez partir à exploração deste lugar. Aqui aparecem-nos umas coisas novas. Estão colocados neste sítio três objectos sendo um deles um jornal.

>olha jornal
*Jornal-do-MOO, *News  (#1110) [Public] [Moderated]
    E' a ultima edic,a~o do Jornal do MOO, datada de Sab, 12 Abr 2003.

Iremos ver mais tarde como lidar com este tipo de objecto, conhecido por folder. É no fundo uma lista de mensagens. No entanto o jornal é um pouco especial e tem outro comando para vermos se existem novidades:

>noticias
Nenhuma noticia (e' boa noticia)

Ser-te-ão mostradas as notícias recentes do Jornal do MOO, que é escrito pelos administradores (também conhecidos por feiticeiros), e cuja função é efectuar notificações relativas ao sistema e à comunidade em geral. Claro que se não tiver sido enviado nada recentemente para o jornal não vais ver nada. Com este comando noticias poderás, em qualquer local do ambiente, ler o jornal.

O mapa visualiza um pouco da área pública do MOOsaico enquanto o LEIA-ME contém informação importante.

>le^ leia-me

Lê o texto com atenção e utiliza os comandos que vêm lá referenciados. Como verificaste, não foi preciso escrever com letras maiusculas - o sistema ignora isso para comparações. Agora que já sabes definir certas caracteristicas de ti próprio(a) (depois de teres lido o LEIA-ME) vamos então ver as saídas digitando outra vez "olha" para vermos as saídas na descrição do local, ou então de uma maneira simplificada com

>@ways
Saidas o'bvias: para baixo, portao, sul, norte, e relo'gio
Magenta_Guest appears through the archway.
Magenta_Guest diz, "Ola'!"

Ena! Acabou de entrar na sala uma pessoa e disse-nos "Ola'". Pelo nome deduz-se que é também um convidado no MOO. Como será que ele falou ? Simples. Para se comunicar com as pessoas que se encontram num mesmo local e' utilizado o comando mais vezes solicitado do sistema.

>diz Ola'!
Diz, "Ola'!"
Magenta_Guest diz, "Ja' sabes muito disto ?"

Altamente! Já nos conseguimos comunicar com outras pessoas. É de notar que todas as pessoas que estiverem neste local verão a nossa resposta assim:

Guest diz, "Ola'!"

Vamos lá responder-lhe. Já sabemos que para isso é utilizado o "diz". Mas como este comando é dos mais utilizados podemos substituí-lo por um alias pré-definido (um sinónimo) que é o seguinte:

>"Entrei mesmo agora.  Mas ja' aprendi a falar.
Diz, "Entrei mesmo agora.  Mas ja' aprendi a falar."

Sim, é isso. As aspas substituiem-se pelo comando "diz".

Magenta_Guest esta' a ler alguns textos de ajuda.

Como é que apareceu esta mensagem assim ? Será que o Magenta_Guest digitou algum comando ?

>"Como e' que fizeste isso ?
Diz, "Como e' que fizeste isso ?
Magenta_Guest diz, "Isto o que^?  Dizer que estou a ler uns textos ?"
Magenta_Guest sorri.
Magenta_Guest diz, "E' simples.  Foi com o `emote'.  Faz `ajuda emote'
para saberes mais sobre isso."

É isso. Recordemo-nos que na página inicial do MOOsaico nos é dito para digitarmos "ajuda" para obtermos documentação.

>ajuda emote

Depois de termos lido e visto os exemplos mostrados como resultado desta última interacção respondemos utilizando os dois pontos como alias do "emote".

>:tambe'm ja' sabe utilizar isto.
Guest tambe'm ja' sabe utilizar isto.
Magenta_Guest diz, "Boa!"
Biafra teleports in.
Biafra acena a todos.
Magenta_Guest acena ao Biafra.
Biafra diz, "Andam em explorac,o~es ?"
Magenta_Guest ja' andou por va'rios si'tios.
Biafra [para Guest]: E tu ? Como vai isso.
>"Vou lendo a ajuda do sistema.
Diz, "Vou lendo a ajuda do sistema."

Como será que se fala desta forma dirigida, embora seja vista (ouvida) por todos os que se encontram aqui ? É o que nos vais ser dito já de seguida.

Biafra sussurra-lhe, "Para falares assim dirigido utiliza o apo'strofo
invertido seguido do nome da pessoa e mensagem, ie, `pessoa texto."

Vamos lá fazer a experiência a ver se percebemos a sintaxe.

>`biafra E como e' que e' isso do sussurrar ?
Guest [para Biafra]: E como e' que e' isso do sussurrar ?
Magenta_Guest diz, "Ei!  Agora andam a sussurrar coisas ? Assim na~o os
consigo ouvir!  Malandrecos. :)"
Biafra diz, "Era so' para o Guest saber que tambe'm se podia falar em
privado."
Biafra [para Guest]: E' com o comando `sussurra' ou a sua abreviatura
`suss'.
>ajuda sussurra

Já estamos a entrar no esquema. É bom consultarmos sempre a ajuda para o caso de não nos terem contado todas as utilizações de um certo comando.

>"Como e' que se vai para outros si'tios ?
Diz, "Como e' que se vai para outros si'tios ?"
Biafra diz, "Com o comando `vai' seguido da direcc,a~o ou nome da
sai'da.  Se quiseres passar pela arcada a norte faz `vai norte' ou
enta~o so' `norte'.
Magenta_Guest diz, "Por ai' na~o que ja' la' estive.  Vamos antes sair
desta casa, ok ?"
Biafra concorda.
Magenta_Guest opens the copper gate and leaves MOOsaico House. The gate
swings and closes behind it.
You sense that Magenta_Guest is looking for you in Prac,a Sem Nome.
She pages, "Anda dai'! Faz `vai porta~o' ou so' `portao'.

Aqui está mais uma das formas de comunicação sendo desta vez efectuada à distância. Sempre que quisermos comunicar com alguém que não se encontre no mesmo local que nós, fazemos-lhe um `page' ou 'sms'.

>page magenta_guest Ja' ai' vou.
You message has been sent.
>vai porta~o

Prac,a Sem Nome

Muito ventoso este si'tio!  A prac,a e' atravessada constantemente por
 pequenos redemoinhos de po' e folhas secas.  Uma aura cinzenta encobre o
 ce'u.  Melhor sera' entrar na Casa MOOsaico pelo porta~o.  Uma Igreja
 encontra-se a sudeste enquanto um jardim fica a sul.  Para nascente fica o
 Parque de Investigac,a~o.
Maguenta_Guest esta' aqui.
>"Cheguei!
Diz, "Cheguei!"
Maguenta_Guest acha que o Guest ja' sabe tanto como ela.
Biafra arrives.
Magenta_Guest diz, "Vais pedir uma personagem ?"
Diz, "Acho que sim."
Magenta_Guest diz, "Eu tambe'm.  Acho que ja' controlo isto
minimamente."
Magenta_Guest pergunta-se se tera' de enviar correio electro'nico para o
enderec,o que aparece na pa'gina inicial a pedir uma personagem...
Diz, "Quando estava na pa'gina inicial e fiz `@create' julgo que apareceu
a dizer que se podia utilizar o comando `@request' para isso."
Biafra [para Guest]: Tens raza~o.  So' se houver problemas e' que
precisas mesmo de utilizar correio-e.
Guest vai tentar isso.

Confirmamos a sintaxe com `ajuda @request' e vamos lá criar a nossa personagem do ambiente virtual multi-utilizador MOOsaico.

>@request Caloiro for manuel.santos@universidade.pt
O MOOsaico esta' aberto a todo o tipo de opinio~es. No entanto para um franca
 convive^ncia existe uma lista de linhas gerais de comportamento. Ja' leu
 `ajuda comportamento' ? [Entre `sim' ou `na~o']
>sim
A personagem Caloiro (#00000) foi criada; a enviar a `password' para
 manuel.santos@universidade.pt; deve receber correio-e brevemente.
Se na~o a receber, por favor na~o pec,a outra personagem.  Envie correio-e
 normal para request@moosaico.moo.mud.org, com o nome da personagem que
 requereu.
>"Pronto pessoal.  Ja' criei uma personagem aqui.
Diz, "Pronto pessoal.  Ja' criei uma personagem aqui."
Magenta_Guest diz, "Pode-se saber o nome ?"
Diz, "E' segredo. Depois procuro-te..."
Biafra sorri.
Diz, "Vou ter de desligar.  Esta' na hora de ir para uma aula.  Ate' `a
pro'xima."
Biafra acena.
Magenta acena e diz, "Na~o chegues atrasado. :)  Tambe'm ja' me vou,
logo depois de tambe'm criar uma personagem."
>:acena.
Guest acena.
>@quit
*** Disconnected ***

Agora, quando as aulas acabarem, só precisamos de ir ver à nossa caixa de correio qual a senha que nos foi enviada para nos podermos ligar com a nossa personagem chamada `Caloiro'.

(Continua)

Copyright © 1994-2017 MOOsaico, Comunidade Virtual Multilingue
All Rights Reserved. Todos os direitos reservados.
23 anos de MOO (1994-2017)